History


Eu não pretendo contar a história dos Ford 1949/51 aqui, apenas compartilhar algumas notícias históricas e fotografias, o principal motivo e razão de existir desse blog. Como sempre, o texto é uma desculpa para compartilhar fotos que eu adoro.

1949 Ford Club coupe

carros_antigos_226

Como todo mundo já devia saber, exceto eu, os Ford 49 foram o primeiro design original da Ford depois da II Guerra Mundial, um período traumático na empresa que perderia seu fundador e seria sucedida pelo neto de apenas 30 anos, Henry Ford II, em 1947. Foi um projeto inteiramente novo, que corrigiu aspectos defasados ou mesmo obsoletos dos Ford de 1948, que nada mais eram que a reedição dos modelos para 41 e 42.

carros_antigos_0134

O Ford 49 foi apresentado ao mercado posando ao lado do Modelo T (acima). A mensagem era óbvia: “nós vamos revolucionar sua vida novamente!”. E ao que parece conseguiram pois, segundo o próprio Henry Ford Museum, os Ford 1949 e 50 salvaram a companhia da falência.

carros_antigos_236

A Ford reforçou esta mensagem de um produto inteiramente novo, um marco na história da companhia, o que ele de fato foi. Acima, colocando na perspectiva correta em foto do ano do lançamento: o Ford modelo A, o modelo T, o sedan 1948 e o novíssimo 49. Abaixo, dois outdoors também de 1949, em que é fácil entender com que velocidade se deu o sucesso dos novos Ford.

ford49

Acima, quase um milhão de Fords vendidos em 1949. Logo depois, no mesmo ano, já somam mais de um milhão.

ford2

colorComo dito, quando acabou a guerra, nem a Ford, nem a Chrysler e nem a General Motors tinham um produto novo para oferecer ao mercado. O que é fácil de compreender, pois eles passaram os últimos anos fabrincado fuzis, penicos e bombardeiros, em nome do esforço de guerra. Quem saiu na frente foi a Studebaker (”First by far with a pre war car”) e  a Kaiser-Frazer, estes sim fabricantes dos primeiros veículos do pós-guerra. Seus carros, modernos e originais, serviam para ngativar ainda mais a imagem do produto antiquado e defasado que as majors ofereciam, e isso era péssimo para os negócios, como se pode imaginar. Bastava colocar um Chevrolet 39 ou De Soto 40 ao lado de um Studebaker para que o constrangimento fosse total.

carros_antigos_153

O pós-guerra foi uma época difícil para o americano em particular. O novo Ford fez parte desta história com entusiasmo e qualidades que o transformaram em um clássico.

carros_antigos_186

O desenvolvimento do projeto do Ford foi muito parecido, dizem os entendidos, com o de outros automóveis. Confuso, tumultuado, violento. Há um artigo interessantíssimo aqui que conta em detalhes todo o processo. Leitura obrigatória. Mas também não deixe de ver o vídeo que o Mário Buzian me enviou a dica, a versão em película da Ford para a mesma história. Imperdível.

carros_antigos_180

Acima, promoção do lançamento do 49 e abaixo um coupê Crestliner como o do meu amigo San, em foto de fevereiro de 1956.

carros_antigos_141

Depois que o carro se tornou um sucesso, muitos disputaram a paternidade do design, entre elas Robert Bourke, egresso da Studebacker que, dois anos antes, lançara no mercado um nariz (spinner) muito parecido em sua linha. Mas, ao que parece, foi um certo Joe Oros o designer responsável pelo toque de mestre tão característico nos Ford 49 e 50, além de outras partes do projeto.

carros_antigos_187

A foto acima é do início da década de 60, na Califórnia. Parece cenográfica mas não é. Apenas mais um dia na vida de um jovem de sorte, pois se não!

Os Ford 49 tinham duas ou quatro portas e estavam disponíveis em duas versões, Standard e Custom. O pára-brisa bipartido era um capricho comum da época. O teto era alto mesmo e era impossível não reconhecer aquele nariz por aí, que esteve presente até o ano seguinte sendo aposentado em 1951. Neste ano de 1949 foram vendidos mais de 1.100.000 carros, gerando um lucro de 177 milhões de dólares em dinheiro da época para a Ford Motor Company.

carros_antigos_1911

O Ford é o carro do trabalhador comum, reconhecido por entregar boas qualidades  e uma mecânica confiável. Um automóvel honesto, como se diz. No caso do 49 isso se torna evidente na medida em que a única coisa herdada de outros projetos é justamente a mecânica, os V8 flathead que a Ford havia lançado em 1932. Robustos e confiáveis, o que mais se precisava para complementar um conjunto tão harmônico, bonito e agradável?

Abaixo, algumas fotos que eu gostei sobre este carro que ainda não saiu da minha cabeça. Com tantas qualidades, como poderia ser diferente?

carros_antigos_213

carros_antigos_184

carros_antigos_179carros_antigos_137

carros_antigos_163

carros_antigos_211

1949 Ford woodie wagon in front of home with family

carros_antigos_219carros_antigos_223carros_antigos_229

carros_antigos_143

Para quem quer ler mais, recomendo:

1. Henry Ford Museum

2. A história do projeto do Ford 49

3. A história do Ford Crestliner 1950 e 51.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s